Alfazema

O cheiro fresco da alfazema era o aroma preferido pelos gregos e romanos, o seu nome deriva do latim lavane, que significa lavar. Os antigos egípcios também usavam a alfazema como um perfume.

De origem mediterrânea, além das suas propriedades relaxantes a alfazema é anti-séptica, analgésica, anti-convulsiva, anti-depressiva, anti-reumática, anti-espasmódica, anti-inflamatória, antiviral, bacterícida, cicatrizante, regeneradora, descongestionante, desodorizante, diurética, hipotensora, calmante e sedativa, entres outros usos terapêuticos tradicionais.

As propriedades desta planta que enriquecem os produtos naturais são principalmente as suas características calmantes e relaxantes, que são rapidamente absorvidas pela pele, acalmando os impulsos nervosos, reduzindo a irritabilidade e a excitação, o que contribui para a diminuição da dor.

Uma fragrância cheia de equilíbrio e harmonia, um grande regenerador das células cutâneas que ajuda a eliminar as impurezas. A alfazema é bastante utilizada para tratar queimaduras, inflamações, psoríase e feridas.

Post a Comment